Você está aqui: Home Ferramentas de Gestão Balanced scorecard – uma ferramenta de gestão estratégica
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Buscar
Gestão de Carreira, Coaching e Mentoring
 

Balanced scorecard – uma ferramenta de gestão estratégica

 

Rafael Nogaroto

O Balanced Scorecard é uma importante ajuda para a clara definição dos objetivos estratégicos e do caminho a seguir de uma organização, sempre em articulação com a visão e a missão da empresa. O Balanced Scorecard é também um meio para se conseguir a partilha de informação e a coerência da comunicação e assegurar que a empresa irá olhar e monitorar os fatores que realmente contribuem para atingir os objetivos estratégicos definidos.

Os gestores usando a informação do Scorecard conseguem decidir que tipos de atitude devem adaptar para assegurarem que os objetivos estratégicos vão ser alcançados. Na base está a escolha das medidas mais relevantes para uma correta monitoração da performance de acordo com os objetivos definidos.

Inicialmente desenvolvido pelo Dr. Robert Kaplan e David Norton (Harvard), o Balanced Scorecard é uma filosofia prática e inovadora de gestão da performance das empresas e organizações. O objetivo da sua implementação é permitir uma gestão eficaz da performance organizacional, baseando-se na visão e estratégia da empresa, traduzindo-a em indicadores de performance. Ao contrário dos métodos de gestão tradicionais, o Balancedcorecard permite sustentar a estratégia da empresa com indicadores financeiros e não financeiros.

O Balanced Scorecard é uma abordagem estratégica de longo prazo, sustentada num sistema de gestão, comunicação e medição da performance, cuja sua implementação permite criar uma visão partilhada dos objetivos a atingir a todos os níveis da organização.Contrastando com os sistemas de medição tradicionais baseados exclusivamente na vertente financeira, o Balanced Scorecard direciona a organização para o seu sucesso no futuro, definindo quais os objetivos a atingir e medindo a sua performance a partir de quatro perspectivas distintas.

A perspectiva de Aprendizagem e Crescimento direcionando a sua atenção para as pessoas e para as infra-estruturas de recursos humanos necessárias ao sucesso da organização. Os investimentos a realizar nesta vertente são um dos fatores críticos para a sobrevivência e desenvolvimento da organização no longo prazo. Contudo este desenvolvimento tem que ser sustentado por uma análise e intervenção constante na performance dos processos internos, os processos-chave do negócio. A melhoria dos processos internos no presente é um indicador chave do sucesso financeiro no futuro.

Mas para traduzir os processos em sucesso financeiro, as empresas devem e têm em primeiro lugar de satisfazer os seus clientes. A perspectiva do Cliente permite direcionar todo o negócio e atividade da empresa para as necessidades e satisfação dos seus clientes.Finalmente, a perspectiva Financeira permite medir e avaliar resultados que o negócio proporciona e necessita para o seu crescimento e desenvolvimento, assim como, para a satisfação dos seus acionistas.

Quando integradas, estas quatro perspectivas proporcionam uma análise e uma visão ponderada da situação atual e futura da performance do negócio.

As quatro perspectivas de desempenho compreendem diversos indicadores, tais como:
•    Financeira - Acionista/Negócios: lucro, crescimento e composição da receita, redução de custos, melhoria da produtividade, utilização dos ativos, estratégia de investimentos.
•    Clientes/Mercado: participação no mercado, retenção de clientes, aquisição de novos clientes, satisfação dos clientes, rentabilidade dos clientes, qualidade do produto, relacionamento com clientes, imagem e reputação.
•    Processos Internos/Operações: inovação (desenvolvimento de novos produtos e processos), operação (produção, distribuição, vendas), serviços pós-venda (assistência técnica, atendimento a solicitações do cliente).
•    Aprendizado e Crescimento - Pessoas/Organização: desenvolvimento de competências da equipe, Infraestrutura tecnológica, cultura organizacional e clima para ação.

O Balanced Scorecard é definido para cada empresa de acordo com sua estratégia e constitui um instrumento para gerenciar a implementação da estratégia.

CONCLUSÃO
Os potenciais benefícios do Balanced Scorecard estão dependentes da forma como for usado. Ter simplesmente um Balanced Scorecard não chega, o scorecard só será útil se for corretamente aplicado. Embora existam muitas empresas que utilizam em diferentes formas, o Balanced Scorecard tem sua real contribuição na gestão e controle da performance estratégica.
Sabemos, que devidamente implementado a empresa consegue obter excelentes resultados no “team building”, comunicação interna, “change management” e melhoria dos processos internos. Terá de haver um trabalho cuidadoso, coerente e consistente, sob pena de se instalar a confusão e a desilusão e ter um impacto negativo no sucesso da estratégia. É crucial que o top management compreenda isto. Se não o fizer, tudo não passa de um mero exercício acadêmico sem nenhuma contribuição para o sucesso da empresa.

 

Newsletter

Assinar Newsletter

Maurício de Paula

Blogs

Feed RSS

Livros e Filmes

Veja todos os livros e filmes.

Enquete

Quais artigos mais lhe interessam?
 

Últimos Posts do Blog

Artigos mais lidos da biblioteca

Últimos Vídeos