Você está aqui: Home Ferramentas de Gestão ERP + WMS = Excelência
  • Increase font size
  • Default font size
  • Decrease font size
Buscar
Gestão de Carreira, Coaching e Mentoring
 

ERP + WMS = Excelência

 

Eduardo Banzato*

Neste artigo exploraremos uma de algumas das possíveis soluções logísticas que podem ser feitas com o objetivo de atender às necessidades específicas de um sistema logístico, e que não poderiam ser atendidas com a aplicação isolada das soluções. Porém, observa-se que ainda há muito desconhecimento sobre as possíveis soluções oferecidas pelo mercado, bem como de suas funcionalidades e características específicas. E se essa falta de conhecimento é uma realidade, pode-se imaginar qual não é o impacto sobre as possíveis combinações destas soluções. Integrando soluções logísticas, o potencial de desenvolvimento de novos sistemas cresce significativamente, e neste contexto é que serão exploradas o que chamamos de soluções integradas, como: Kanban + MRP, Código de Barras + Radiofrequência, Pessoas + Sistemas, Estruturas Porta-Paletes de Trânsito Interno + Estruturas Porta-Paletes do tipo "Push-Back", entre outros. A integração destas soluções, além de possibilitar novos sistemas logísticos, quebra o paradigma de que soluções diferentes são concorrentes, e não complementares. Neste artigo, vamos explorar a integração de um ERP (Enterprise Resource Planning) - Planejamento dos Recursos do Negócio com um WMS (Warehouse Management System) - Sistema de Gerenciamento de Armazém.
ERP (Enterprise Resource Planning) Muitas empresas, com o intuito de integrar os processos de negócio, através de uma base de dados única e centralizada, investem nos Sistemas de Gestão Integrada, os ERP's. Integrando os processos logísticos, financeiros, de produção, de administração de RH e de contabilidade, entre outros, as empresas ganham em velocidade e acuracidade de informação para um adequado gerenciamento de seus recursos. Portanto, o ERP integra todas as transações de uma empresa em um banco de dados único e disponibiliza a mesma, instantaneamente, para todas as áreas da organização. Desta forma, muitos imaginam que quando adquirem um ERP, estão comprando um pacote completo que irá agir em todas as áreas da organização e que todos os investimentos em softwares já estão sendo feitos com a aquisição da solução ERP. WMS (Warehouse Management System) Mas e o WMS? Não faz parte do ERP? Quando investimos em uma solução ERP já não consideramos a implementação de todos os módulos necessários e suficientes para a gestão dos recursos dos negócios, inclusive o WMS? O WMS é uma solução desenvolvida para gerenciar operacionalmente todas as atividades de um armazém ou áreas de armazenagem, como: sequência de atividades operacionais em um armazém, processo de inventário, recebimento de materiais, separação de pedidos, transferências de estoque, controle PEPS - Primeiro que Entra é o Primeiro que Sai, etc. Qualquer empresa pode implementar uma solução WMS - Sistema de Gerenciamento de Armazéns, independentemente de possuir ou não um Sistema de Gestão Integrada (ERP), porém é necessário que se faça uma análise criteriosa e identifique os requisitos obrigatórios da solução esperada.
As empresas que adquiriram uma solução ERP, pensando que com ela já receberiam todo um sistema de gestão de armazéns, se enganaram em muitos casos. Muitos ERP's só gerenciam entradas, saídas e saldos dos produtos em estoque e claro que estas movimentações são totalmente integradas com outros módulos, através de um mesmo banco de dados que permite a distribuição da informação em tempo real, tão logo acontece a movimentação. Mas um WMS é muito mais que isso. Além de controlar tais informações, uma solução WMS pode gerenciar o processo da portaria quando da chegada de um veículo, gerenciar o pátio de veículos, identificar a entrada no estoque, controlar um mesmo item em mais de um local no mesmo estoque, ou em estoques diferentes, apoiar o processo de inventário geral e rotativo, monitorar os recursos operacionais (empilhadeiras, pessoas, etc.), apontar produtividade operacional, possibilitar uma rota de separação inteligente, entre inúmeras outras funcionalidades que não vem necessariamente acompanhando os pacotes de ERP. Conclusão Desta forma, em função das necessidades de cada negócio, se torna muito interessante e viável a integração da solução ERP com a solução WMS e, desta forma, as acuracidades das informações dos estoques e a possibilidade da informação em tempo real para rastreamento de um determinado pedido, além das informações gerenciais que podem ser fornecidas pela solução WMS, incrementam a Tecnologia da Informação utilizada pela empresa. Agora, importante salientar que toda integração do WMS com o ERP deve ser avaliada em relação à sua viabilidade técnica e econômica, pois, em muitos casos, o simples controle de entradas e saídas de estoque, bem como a informação sobre localização que existe no cadastro dos itens no ERP, pode ser suficiente para a empresa atender aos seus clientes de forma adequada e manter a produtividade em um nível elevado. Portanto, não se deve fazer esta integração em função de outras empresas
estarem fazendo. Deve-se avaliar com cuidado a viabilidade técnica e econômica da mesma.

*Eduardo Banzato, Gerente da IMAM Consultoria Ltda., de São Paulo. Tel. (0--11) 5575 1400 imam@imam.com.br

 

Newsletter

Assinar Newsletter

Maurício de Paula

Blogs

Feed RSS

Livros e Filmes

Veja todos os livros e filmes.

Enquete

Quais artigos mais lhe interessam?
 

Últimos Posts do Blog

Artigos mais lidos da biblioteca

Últimos Vídeos